Melasma: cuidados e tratamentos no verão

Publicado em: 16/12/2020

Melasma: cuidados e tratamentos no verão

O verão é uma delícia, mas também é uma época desafiadora para pacientes e médicos dermatologistas. Nessa estação, os cuidados com o protetor solar e com os cremes prescritos para proteção e reparação devem ser ainda mais intensos. E o melasma também entra nessa lista.

O que é o melasma?

Melasmas são manchas escurecidas, de coloração acastanhada, que tendem a aparecer em mulheres adultas. Especialmente aquelas com a pele mais morena. O rosto é a área mais afetada.

“O melasma costuma surgir na testa, bochechas, buço e mandíbula. As causas para esse problema, no entanto, são muitas.” – Dra. Marcela Camera Carreirão (CRM/SC 18545 – RQE 14991), Dermatologista em Florianópolis/SC.       

Entre as causas do melasma, podemos citar:

  • Mudanças hormonais (especialmente durante a gestação);
  • Genética;
  • Exposição à luz solar e ao calor;
  • Utilização de alguns medicamentos;
  • Irritações na pele;
  • Estresse.

Por conta da variedade de fatores que podem provocar o melasma, é muito difícil que as manchas desapareçam por completo durante o tratamento. Por isso, a prevenção com o médico dermatologista é a melhor forma de lidar com o problema.

No entanto, para as pessoas que já possuem o melasma, é possível ter resultados muito expressivos a partir do acompanhamento profissional. Especialmente no verão, época em que estamos mais sujeitos ao calor e à luz solar, fatores de risco para o melasma.

Assim, é possível curtir a estação com segurança. Abaixo, falaremos como.

Cuidados no verão

Quando a radiação solar atinge a nossa pele, ela provoca diversas reações, como uma maior produção do hormônio melanócito estimulante (MSH). Dessa forma, mesmo que você só esteja com os braços de fora, isso pode ser suficiente para piorar o melasma no seu rosto.

Por isso, a melhor forma de prevenir e cuidar do melasma no verão é evitando o sol. Mas, isso nem sempre é possível. E todos nós merecemos desfrutar do calor. Assim, o uso do filtro solar deve ser ainda mais intenso e em todo o corpo.

Hoje, por exemplo, existem os fotoprotetores e antioxidantes orais. Eles são comprimidos que, ao serem ingeridos, conferem uma maior proteção solar. Esses fotoprotetores orais podem ser manipulados de forma individual. 

Existem algumas opções de marcas nas farmácias, alguns sendo vendidos como remédios e outros como nutracêuticos. Somente o dermatologista que conhece o paciente poderá prescrever. 

Filtro solar

Para prevenir o melasma, o filtro solar deve ser:

  • Ter fator de proteção solar (FPS) no mínimo 50;
  • Ter proteção contra radiação UVA (medido pelo PPD) , UVB (medido pelo FPS) e luz visível;
  • Ter pigmento (cor) para proteger da luz visível (também presente nas lâmpadas e telas).

“É importante que o filtro solar esconda o melasma ao passar. Ele deve ter cor. Caso contrário, a pele não estará 100% protegida, mesmo que o produto tenha as outras características citadas acima.” – Dra. Marcela Camera Carreirão (CRM/SC 18545 – RQE 14991), Dermatologista em Florianópolis/SC.

Tratamento do melasma 

Uma das opções para o tratamento do melasma no verão é o ácido tranexâmico. Ele pode ser utilizado tanto na forma de cremes como em comprimidos, por via oral.

“O ácido tranexâmico bloqueia os estímulos que provocam e intensificam o melasma. No entanto, ele é um medicamento. Antes de usá-lo, são necessários, em alguns casos, exames, que devem ser conduzidos pelo médico dermatologista.” – Dra. Marcela Camera Carreirão (CRM/SC 18545 – RQE 14991), Dermatologista em Florianópolis/SC.

Laser e Peelings

Os tratamentos a laser e os peelings contra o melasma não precisam ser evitados no verão. Apesar de liberarem calor, o que pode agravar a situação caso o paciente venha a ser exposto à luz solar, quando realizado pelo dermatologista, e o paciente seguir todas as orientações no pós procedimento, esses tratamentos evitam a piora do melasma.

Antioxidantes sistêmicos como “Polypodium Leucotomas”, Vitaminas C, Vitamina E, Pomegranate e Picnogenol também podem ser prescritos, dependendo da indicação do médico dermatologista

Aproveite o verão com saúde, beleza e segurança. Consulte o médico dermatologista periodicamente e proteja-se contra o melasma no verão. Na Clínica Carreirão o atendimento é personalizado e feito por profissionais experientes. Conte conosco!

Sobre o Autor

Marcela Carreirão
Marcela Carreirão
Formada em Medicina pela Universidade do Oeste Paulista, a Dra. Marcela Camera Carreirão (CRM/SC 18545 RQE 10574 e RQE14991) é especialista em Dermatologia pelo Instituto Superior de Medicina Dermatológica de São Paulo e especialista em Cirurgia Facial, Otorrinolaringologia pelo Hospital Paulista.

Possui título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e pela Associação Médica Brasileira (AMB); título de especialista em Otorrinolaringologia pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL CCF) e pela Associação Médica Brasileira (AMB).

Também é membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), membro titular da Academia Americana de Dermatologia (AAD), membro titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial e membro da Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Face.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *