Qual a frequência ideal para consultar o Dermatologista?

Publicado em: 17/12/2019

Dermatologista

O Dermatologista é o médico responsável pelo diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças e afecções relacionadas à pele, pelos, mucosas (boca, língua, gengiva, lábios), cabelos e unhas. Além de orientar os pacientes sobre os cuidados gerais com a saúde destas estruturas, o especialista atua também em procedimentos médicos estéticos, cirúrgicos e oncológicos. Assim, muitos são os motivos para realizar uma consulta com o dermatologista. No entanto, muitas pessoas desconhecem a frequência ideal e é sobre isso que falaremos neste post.

 

Por que marcar uma consulta com o dermatologista?

Desde problemas estéticos, como manchas e flacidez da pele, até questões importantes de saúde, como câncer, o dermatologista é o profissional capacitado para orientar sobre a prevenção e o tratamento adequado. Dessa forma, com conhecimento especializado, oferece segurança aos pacientes que precisam desse tipo de cuidado.

“Nossa pele é constantemente exposta a diversas agressões e precisa de cuidados especiais. Existem mais de 3 mil doenças dermatológicas que afetam crianças, adultos e idosos. Entre elas, acne (espinhas), alergias, vitiligo, psoríase, queda de cabelos, hanseníase (lepra) e câncer.” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

O Dermatologista também é habilitado para tratar de doenças nas mucosas genitais. Neste caso, enquadram-se as doenças sexualmente transmissíveis (DST) ou doenças venéreas. 

“Algumas doenças graves manifestam seus primeiros sintomas através da pele. Consultar o Médico Dermatologista com frequência pode ajudar a diagnosticá-las de forma precoce e segura. Quanto antes o problema for identificado, maiores as chances de cura.” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

Assim, há uma série que motivos que podem levar à uma consulta com o dermatologista. Desde a orientação quanto à prevenção de problemas, estéticos ou de saúde relacionados à pele e mucosas, até o diagnóstico e o tratamento adequado.

 

Quando consultar o dermatologista?

Geralmente, o ideal é que as consultas dermatológicas sejam realizadas a cada 6 meses. Assim, as chances de diagnosticar os problemas de saúde ainda em sua forma inicial são maiores. 

“Esse acompanhamento é ainda mais importante para as pessoas de pele clara e que foram muito expostas ao sol durante a infância e adolescência. Hoje, sabemos que esses grupos são mais suscetíveis a doenças como câncer e ao fotoenvelhecimento” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista em Florianópolis/SC (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

 

Gestantes e Lactantes

Em geral, mulheres gestantes e em amamentação também devem ter um cuidado maior com a pele. Nesses casos, as consultas devem ser realizadas a cada três meses. As mudanças hormonais que ocorrem nessas fases aumentam as chances de formação de cloasmas, que são manchas irregulares e mais escuras do que a pele.

“Os cloasmas surgem principalmente nas maçãs do rosto, testa, nariz, lábios e têmporas. Eles tendem a desaparecer com o tempo. No entanto, podem permanecer por muito tempo caso a paciente não faça o tratamento correto e insista em se expor ao sol.” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991). 

 

Como é a consulta com o dermatologista?

Durante a consulta com o dermatologista, o médico realiza uma anamnese completa. Nesta conversa, o profissional faz um levantamento de todo o histórico de saúde do paciente e de sua rotina de cuidados e agressões à pele.

Além da anamnese, o Dermatologista realiza também exames físicos de saúde e da qualidade da pele. Esse é o caso da Dermatoscopia, uma avaliação profunda das manchas.

“Na Dermatoscopia, nós analisamos a situação e evolução das pintinhas no rosto e no corpo do paciente. Assim, podemos realizar o diagnóstico preciso e encaminhar o paciente para exames e procedimentos mais específicos, caso surja alguma suspeita.” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

Em muitos casos, os pacientes vem ao consultório do dermatologista com objetivos estéticos. Assim, na consulta dermatológica o médico pode analisar a harmonia de regiões nobres, como o rosto, por exemplo, e indicar alternativas para prevenção e/ou procedimentos estéticos de acordo com a necessidade de cada paciente.

“Nós realizamos a Perfilometria, que auxilia a identificar os parâmetros de harmonia da face. Se preciso, indicamos procedimentos estéticos, como é o caso do preenchimento com ácido hialurônico, bioestimulação de colágeno, lasers e toxina botulínica – o popular Botox”. – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

A consulta com o médico Dermatologista a cada 3 ou 6 meses é importante também para a continuidade dos tratamentos estéticos. Muitas vezes, para que os resultados sejam alcançados e mantidos, é necessário reavaliar a prescrição de medicamentos, cremes e shampoos. Adaptar estes tratamentos às mudanças na rotina de cada pessoa é fundamental.

Cuide da sua pele! Valorize a sua beleza e fique atento à sua saúde. Na Clínica Carreirão as consultas dermatológicas são realizadas com atenção aos mínimos detalhes. Conte conosco!   

 

Sobre o Autor

Marcela Carreirão
Marcela Carreirão
Formada em Medicina pela Universidade do Oeste Paulista, a Dra. Marcela Camera Carreirão (CRM/SC 18545 RQE 10574 e RQE14991) é especialista em Dermatologia pelo Instituto Superior de Medicina Dermatológica de São Paulo e especialista em Cirurgia Facial, Otorrinolaringologia pelo Hospital Paulista.

Possui título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e pela Associação Médica Brasileira (AMB); título de especialista em Otorrinolaringologia pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL CCF) e pela Associação Médica Brasileira (AMB).

Também é membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), membro titular da Academia Americana de Dermatologia (AAD), membro titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial e membro da Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Face.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *