Tudo sobre Harmonização Facial

Publicado em: 04/03/2020

Tudo sobre Harmonização Facial

Beleza é um conceito bastante subjetivo. Assim, o que é bonito para alguns, pode não ser para outras pessoas. No entanto, existem algumas proporções capazes de tornar os traços do rosto mais equilibrados para todos. E esse é o principal objetivo da harmonização facial.

A harmonização facial é um conjunto de procedimentos estéticos e dermatológicos realizados sem cortes (não invasivos). Dessa forma, é possível: 

  • Reduzir rugas, marcas de expressão, papadas e olheiras;
  • Aumentar o volume dos lábios;
  • Suavizar os traços do queixo e do nariz sem a necessidade de cirurgia.

“Todos nós temos características naturais próprias, que nos tornam únicos. De algumas, nós gostamos mais. De outras, nem tanto. A harmonização facial busca justamente um equilíbrio natural entre as proporções do nosso rosto.” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

Como é realizada?

A harmonização facial é realizada de forma individual, a partir de um estudo detalhado das características do paciente e de seus objetivos. Na consulta, o médico dermatologista realiza os exames e medições necessárias, que servem como norteador para o esquema terapêutico.

“Nós examinamos os pacientes e propomos os tratamentos necessários para cada pessoa. O objetivo é a harmonização, mas com naturalidade. Não adianta colocar medidas iguais em todas as pessoas, pois isso geraria um aspecto muito artificial” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

A partir dessa análise, o médico dermatologista avalia quais procedimentos serão necessários, tanto para harmonização de medidas como para a saúde e rejuvenescimento da pele. Dependendo do caso, a harmonização facial pode ser realizada em uma única etapa ou em várias fases.

Harmonização de Medidas

Para correção de medidas, o processo de harmonização facial costuma envolver o preenchimento com ácido hialurônico. Com ele, entre outros procedimentos, é possível:

  • Tratar olheiras; 
  • Fazer o preenchimento da malar “maçã do rosto”; 
  • Fazer o preenchimento dos lábios;
  • Corrigir o formato do queixo;
  • Corrigir sulco Nasolabial e Nasogeniano (“Bigode Chinês”).

Já para suavização de marcas de expressão, a toxina botulínica (popularmente conhecida como botox) também pode ser utilizada, quando necessário. Em geral, é utilizada especialmente para: .

  • Prevenção e suavização de rugas visíveis;
  • Promover relaxamento muscular;
  • Promover expressão de descanso e rejuvenescimento.

Saúde e Rejuvenescimento da Pele

A harmonização facial não diz respeito apenas às medidas da face. Para que ela seja realizada de forma completa, os cuidados com a pele são indispensáveis.

“Problemas como as manchas escuras na pele e a acne podem dar uma aparência envelhecida e pouco saudável à pele. Por isso, além dos procedimentos que corrigem geometricamente a face, os médicos dermatologistas oferecem uma série de outros tratamentos próprios para a saúde e rejuvenescimento da pele.” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

Entre os tratamentos para a pele utilizados no processo de harmonização facial estão os Lasers e o Peelings. Eles visam estimular a produção de colágeno e elastina. Assim, restauram a pele danificada pelo sol e por cicatrizes, como as de acne, proporcionam o clareamento de melasmas e promovem o rejuvenescimento facial como um todo. 

“Os tratamentos a laser também são indicados no processo de harmonização facial. para potencializar os efeitos das formulações prescritas pelo Médico Dermatologista. Assim, provocam um efeito mais profundo e rejuvenescedor da pele.” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).

Tanto o Laser Fracionado, a Luz Intensa Pulsada, o Laser Acroma e o Ultraformer III podem fazer parte do processo de harmonização facial.

Contraindicações e Manutenção

A harmonização facial pode ser realizada por pessoas de todas as idades. No entanto, é contraindicada para gestantes, pacientes com doenças reumatológicas e com infecções ativas na região.

“A manutenção da harmonização facial deve ser realizada de acordo com os procedimentos utilizados. No caso da toxina botulínica, a manutenção deve ser feita a cada 6 meses. Já os demais procedimentos, em torno de 1 ano. Contudo, sempre de acordo com orientação do médico responsável.” – Dra. Marcela Camera Carreirão, Médica Dermatologista (CRM/SC 18545 – RQE 14991).  

Se você tem dúvidas sobre harmonização facial, agende uma consulta. Na Clínica Carreirão, os procedimentos dermatológicos são indicados de forma personalizada, de acordo com as necessidades de cada paciente.

Sobre o Autor

Marcela Carreirão
Marcela Carreirão
Formada em Medicina pela Universidade do Oeste Paulista, a Dra. Marcela Camera Carreirão (CRM/SC 18545 RQE 10574 e RQE14991) é especialista em Dermatologia pelo Instituto Superior de Medicina Dermatológica de São Paulo e especialista em Cirurgia Facial, Otorrinolaringologia pelo Hospital Paulista.

Possui título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e pela Associação Médica Brasileira (AMB); título de especialista em Otorrinolaringologia pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL CCF) e pela Associação Médica Brasileira (AMB).

Também é membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), membro titular da Academia Americana de Dermatologia (AAD), membro titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial e membro da Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Face.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *