Como diminuir o nariz?

Publicado em: 10/09/2021

diminuir o nariz

Essa é uma questão bastante comum no consultório. Muitos pacientes chegam até a nossa clínica bastante insatisfeitos, com o desejo em diminuir o nariz. 

No entanto, cada paciente possui queixas estéticas específicas. E, muitas vezes, o paciente não consegue identificar exatamente qual aspecto do seu nariz é o responsável por causar sua insatisfação. Por isso, cabe ao médico escutar com atenção as queixas e os desejos de cada pessoa, e saber interpretá-las.

“Cabe ao médico localizar especificamente quais alterações anatômicas são responsáveis por causar todo este incômodo do paciente com relação a aparência do seu nariz. Este é o ponto de partida fundamental para que possamos, de forma mais assertiva, traçar o planejamento da rinoplastia de forma individualizada para cada paciente.” – Dr. Waldir Carreirão Neto, Otorrinolaringologista e Cirurgião da Face (CRM/SC 10892 – RQE 8167).

Proporções ideais

A aparência do nariz varia com uma série de fatores. Por estar localizado no centro do rosto, o seu aspecto depende da proporção com as demais estruturas da face. 

“Em alguns casos, a ponta do nariz é muito globosa, o que pode provocar a aparência de grande. Para solucionar o problema, em vez de apenas diminuir o tamanho das cartilagens da ponta nasal, pode ser necessário estruturar, remodelar, reposicionar e/ou projetá-las. Assim, alcançamos um formato mais triangular e refinado da ponta nasal.” – Dr. Waldir Carreirão Neto, Otorrinolaringologista e Cirurgião da Face (CRM/SC 10892 – RQE 8167).

Além disso, como não há grandes ressecções dessas cartilagens, a chance de complicações estéticas e funcionais a médio / longo prazo são reduzidas. 

“De forma similar, em alguns pacientes com queixa de giba nasal, pode ser necessário, além de reduzir a giba, projetar a ponta nasal e também a raiz nasal. Isso melhora as proporções do nariz de forma geral e deixa um resultado mais natural.” – Dr. Waldir Carreirão Neto, Otorrinolaringologista e Cirurgião da Face (CRM/SC 10892 – RQE 8167).

Desafios em diminuir o nariz

Diminuir o nariz pode ser algo particularmente desafiador em pacientes com a pele mais grossa. Até mesmo o contraste de luz e sombra sobre o nariz podem deixá-lo com uma aparência maior do que ele realmente possui. O próprio nariz é dividido em áreas que, dependendo da proporção, podem aparentar maior ou menor tamanho.

“Muitas vezes, o paciente deseja diminuir o nariz. Mas, quando analisamos o caso, vemos que o necessário é mudar as proporções das diferentes áreas do nariz do paciente”. Por exemplo, em alguns casos, para se obter uma ponta nasal mais definida, melhorando sua globosidade (“formato de bolinha”), é necessário projetá-la ao invés de apenas reduzi-la.” – Dr. Waldir Carreirão Neto, Otorrinolaringologista e Cirurgião da Face (CRM/SC 10892 – RQE 8167).

Avaliação personalizada

Por isso, antes de iniciar o tratamento para diminuir o nariz, o Dr. Waldir Carreirão Neto faz uma avaliação cuidadosa de cada paciente. Além da anamnese – que é uma conversa detalhada com o médico – e exame físico, são realizadas:

  • Fotografias padronizadas: Nestas imagens, realizadas no consultório, pode-se identificar as características que desagradam esteticamente os pacientes. Assim, é possível entender melhor quais são os seus objetivos. Inclusive, com o uso de programas de simulação da rinoplastia.
  • Simulação computadorizada: Uma vez realizadas as fotografias padronizadas, o próximo passo no planejamento para diminuir o nariz é utilizá-las em uma simulação computadorizada. 

“A simulação computadorizada da rinoplastia auxilia o médico no planejamento do procedimento. No entanto, ela nunca deve ser interpretada como promessa de resultado. Ela é utilizada para que o cirurgião identifique as preferências dos pacientes e para que possa mostrar aquilo que é possível ser melhorado. – Dr. Waldir Carreirão Neto, Otorrinolaringologista e Cirurgião da Face (CRM/SC 10892 – RQE 8167).

Profissional qualificado para diminuir o nariz

Dessa forma, o primeiro passo para quem deseja diminuir o nariz é procurar um Médico Otorrinolaringologista ou um Cirurgião Plástico com foco de atuação dedicado à rinoplastia. Este profissional poderá avaliar as proporções de cada nariz detalhadamente. 

Assim, é possível realizar o planejamento cirúrgico da rinoplastia de forma individualizada para cada tipo de nariz e também de acordo com as preferências de cada paciente. 

Além disso, é sempre preciso lembrar que a realização de uma cirurgia plástica do nariz deve ter como objetivo a melhora estética e a preservação ou até mesmo melhora da função respiratória do nariz.

“Os livros e artigos científicos citam diversos parâmetros e medidas como referência de um nariz ideal. Estes parâmetros são excelentes e servem como ponto de partida para o planejamento de cada Rinoplastia para quem deseja diminuir o nariz. Porém, é fundamental o cirurgião ter a capacidade de ouvir seu paciente e saber interpretar corretamente suas principais queixas”  – Dr. Waldir Carreirão Neto, Otorrinolaringologista e Cirurgião da Face (CRM/SC 10892 – RQE 8167).

Sinta-se bem, melhore sua autoestima e respire melhor. Venha fazer sua avaliação para diminuir o nariz aqui na Clínica Carreirão. Conte conosco!

Sobre o Autor

Waldir Carreirão
Waldir Carreirão
O Dr. Waldir Carreirão (CRM/SC 10892 RQE 8167) possui Residência Médica em Otorrinolaringologia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, com título de Especialista em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial e Associação Médica Brasileira (AMB).

Também realizou Complementação Especializada (Fellowship) em Cirurgia Plástica Facial e Doutorado pela Faculdade de Medicina da USP. Atualmente, é membro da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial, membro titular da Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Face e membro da International Federation of Facial Plastic Surgery Societies (IFFPSS).

É Professor Adjunto de Otorrinolaringologia da Graduação de Medicina da Universidade Federal de Santa Catarina e Médico Otorrinolaringologista no Hospital Universitário da UFSC. Sua área de atuação dentro da Otorrinolaringologia possui Ênfase em Rinoplastia e Cirurgias Nasais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *